Available courses

curso da NR 10 Básico tem como objetivo capacitar os trabalhadores para prevenção contra acidentes de origem elétrica, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, que direta ou indiretamente estejam envolvidos em trabalhos com instalações elétricas e serviços com eletricidade. O Curso da NR 10 Básico, OBRIGATÓRIO pelo Ministério do Trabalho e Emprego, aborda os temas dispostos ao novo texto da NR 10, conforme PORTARIA Nº 598, composto pela apresentação da norma, riscos elétricos, combate a incêndios e primeiros socorros, tornando o profissional apto a exercer sua função.

Carga Horária: 08hs

curso online de NR-10 Complementar atende a Norma Regulamentadora 10, sendo certificado de acordo com as normas do Ministério do Trabalho e Emprego, o certificado vai devidamente assinado pelo responsável técnico, diretor e emissor.

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) estabelece requisitos e condições mínimas obrigatórias para garantir segurança e saúde aos trabalhadores. O artigo 10.7 da Norma Regulamentadora 10 (NR-10) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) obriga a todos que atuam, direta ou indiretamente, em instalações elétricas e serviços de eletricidade de alta tensão, que complementem o treinamento de NR-10 com o treinamento de NR-10 SEP, visando a capacitação para o exercício da atividade.

Carga Horária: 08hs


O objetivo do Treinamento NR18 é atender as exigências do novo texto da Norma Regulamentadora nº 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção.


O Treinamento NR18 trata das Condições e Meio ambiente de Trabalho na Indústria da Construção estabelecendo diretrizes de ordem administrativa, de planejamento e de organização, que objetivam a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos de segurança nos processos, nas condições e no meio ambiente de trabalho na Indústria da Construção.



Conteúdo Programático:

  1. Introdução
  2. Normas e Regulações
  3. Condições e Meio Ambiente de Trabalho
  4. Riscos Inerentes a Função
  5. Equipamentos de Proteção Coletiva - EPC
  6. Equipamentos de Proteção Individual - EPI

Carga horária: 8h


O Curso de Direção Defensiva tem como objetivo a qualificação e a conscientização dos condutores, itens fundamentais para a segurança no trânsito. O curso visa contribuir na redução dos riscos no trânsito e consequentemente o número de acidentes do Brasil, através de alertas aos condutores, onde simples ações podem contribuir para a melhoria do trânsito. O condutor terá a oportunidade, com este curso, de rever alguns conceitos que já conhece devido a sua prática e também de conhecer e aprender como afastar os perigos e os possíveis acidentes de trânsito. Só com uma mudança de atitude conseguiremos transformar e fazer nosso trânsito mais justo, mais solidário e mais seguro.

Conteúdo Programático: 

1-    Introdução

2-    Conceitos de Direção Defensiva

3-    O Veículo

4-    O condutor

5-    Vias de Trânsito

6-    Regras Gerais e Importantes

7-    Infrações e Penalidades

8-    Renovação da Carteira de Habilitação.

 

Carga horária - 2hs


Objetivo

Capacitar  os  trabalhadores  que  laboram  em  ambientes  com  inflamáveis  e  combustíveis,   com   os requisitos mínimos  para  a  gestão  da  segurança  e  saúde  no  trabalho  contra  os  fatores  de risco de acidentes provenientes das atividades de extração, produção, armazenamento, transferência, manuseio e manipulação de inflamáveis e líquidos combustíveis, e   mantêm   contato  direto  com  o  processo  ou  processamento,  realizando  atividades  específicas,   pontuais      e de curta duração conforme descrição do item 20.4.1  da  norma  regulamentadora  n°  20 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Conteúdo teórico:

  1. Inflamáveis: características, propriedades, perigos e riscos;
  2. Controles coletivo e individual para trabalhos com inflamáveis;
  3. Fontes de ignição e seu controle;
  4. Proteção contra incêndio com inflamáveis
  5. Procedimentos básicos em situações de emergência com inflamáveis.

Carga horária: 8h


O Curso de Reciclagem da NR33 para Supervisor de Entrada, possui carga horaria de 12 horas e validade de 1 (um) ano, sendo um curso obrigatório para o profissional que já possui o curso de formação com validade vencida. O profissional é responsável por operar a permissão de entrada, preencher e assinar a Permissão de Entrada e Trabalho (PET) assegurando um trabalho seguro no interior do espaço confinado.

A cada 1 ano (12 meses), o profissional deve refazer o curso de Reciclagem da NR33 Supervisor de Entrada. Lembramos que o Supervisor de Entrada pode operar na função de Vigia quando necessário.

De acordo com a Norma Regulamentar Supervisor de Entrada é a pessoa capacitada para operar a permissão de entrada com responsabilidade para preencher e assinar a Permissão de Entrada e Trabalho (PET) para o desenvolvimento de entrada e trabalho seguro no interior de espaços confinados.

O vigia é trabalhador designado para permanecer fora do espaço confinado e que é responsável pelo acompanhamento, comunicação e ordem de abandono para os trabalhadores.

O treinamento proposto visa reciclar os profissionais da área à prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção em espaços confinados, de acordo com a NBR 14787 que estabelece os requisitos mínimos para proteção dos trabalhadores e do local de trabalho contra os riscos de entrada em espaços confinados. (Este curso não habilita para ser instrutor(a))

Nossos Cursos da NR-33 são elaborados e validados conforme exigências do Ministério do Trabalho e Emprego e Secretaria de Estado da Educação e do Desporto.

Conteúdo Programático

1.      Definições

2.      Reconhecimento, avaliação e controles de riscos;

3.      Funcionamento de equipamentos utilizados;

4.      Procedimentos e utilização da Permissão de Entrada e Trabalho;

Noções de resgate e primeiros socorros


O curso de NR-35 Trabalho em Altura tem como finalidade educar para prática de Segurança do Trabalho em Altura, bem como estabelecer os procedimentos necessários para a realização deste trabalho, visando garantir a segurança e saúde dos trabalhadores envolvidos direta ou indiretamente com esta atividade. A Norma Regulamentar nº35 estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura, envolvendo o planejamento, a organização e a execução, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores. Considera-se trabalho em altura toda atividade executada acima de 2,00 m (dois metros) do nível inferior, onde haja risco de queda. Nosso Curso NR 35 Trabalho em Altura é elaborado e validado conforme exigências do Ministério do Trabalho e Secretaria de Estado da Educação.

O curso de Trabalhador é obrigatório para os profissionais que irão executar os serviços em altura, visto que conforme a norma, somente profissionais capacitados (com o curso NR 35) podem trabalhar em Altura, sendo que o mesmo deve ser executado com planejamento, organização e cuidados especiais, a fim de garantir a máxima segurança para todas as pessoas envolvidas.


Conteúdo Programático:

1-      Apresentação do Curso;
2-      Introdução ao Trabalho em Altura;
3-      Normas e Regulamentos aplicáveis ao Trabalho em Altura;
4-      Análise de Risco e Condições Impeditivas;
5-      Riscos Potenciais Inerentes ao Trabalho em Altura e Medidas de Prevenção e Controle;
6-      Sistemas, Equipamentos e Procedimentos de Proteção Coletiva;
7-      Equipamentos de Proteção Individual para Trabalho em Altura: Seleção, Conservação e Limitação de uso;
8-      Acidentes Típicos em Trabalho em Altura;
9-      Condutas em Situações de Emergência, incluindo Noções Técnicas de Resgate e Primeiros Socorros;


Carga horária: 8h

O curso da NR 10 Básico tem como objetivo capacitar os trabalhadores para prevenção contra acidentes de origem elétrica, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, que direta ou indiretamente estejam envolvidos em trabalhos com instalações elétricas e serviços com eletricidade. O Curso da NR 10 Básico, OBRIGATÓRIO pelo Ministério do Trabalho e Emprego, aborda os temas dispostos ao novo texto da NR 10, conforme PORTARIA Nº 598, composto pela apresentação da norma, riscos elétricos, combate a incêndios e primeiros socorros, tornando o profissional apto a exercer sua função

Carga Horária: 40hs

Pré-Requisito

O público alvo do curso da NR 10 básico são os profissionais da área de eletricidade, que realiza trabalhos em instalações ou nas proximidades de instalações de baixa tensão, abaixo de 1000 volts. Se aplica às fases de distribuição, manutenção e consumo, incluindo as etapas de projeto, construção montagem, operação e manutenção das instalações elétricas. Neste enquadram-se: - Trabalhadores em geral que estão expostos direta e/ou indiretamente a riscos elétricos; - Eletricistas; - Técnicos eletricistas; - Eletrotécnicos; - Eletromecânicos; - Engenheiros eletricistas, etc.

Conteúdo Programático       

1.Introdução à segurança com eletricidade;

2.Riscos em instalações e serviços com eletricidade:

2.1.o choque elétrico, mecanismos e efeitos;

2.2.arcos elétricos; queimaduras e quedas;

2.3.campos eletromagnéticos;

3.Técnicas de Análise de Riscos;

4.Medidas de Controle do Risco Elétrico:

4.1 - Desenergização;

4.2 - Aterramento funcional (TN/TT/IT),de proteção, temporário;

4.3 - Equipotencialização;

4.4 - Seccionamento automático da alimentação;

4.5 - Dispositivos a corrente de fuga;

4.6 - Extra baixa tensão;

4.7 - Barreiras e invólucros;

4.8 - Bloqueios e impedimentos;

4.9 - Obstáculos e anteparos;

4.10 - Isolação dupla ou reforçada;

4.11 - Colocação fora de alcance;

4.12 - Separação elétrica.

5.Normas Técnicas Brasileiras – NBR /ABNT: NBR-5410, NBR – 14039/outras;

6.Regulamentações do MTE:

6.2.NR-10 (Segurança em Instalações e Serviços com Eletricidade);

6.3.qualificação; habilitação; capacitação e autorização.

6.1 - NRs;

7.Equipamentos de Proteção Coletiva;

8.Equipamentos de Proteção Individual;

9.Rotinas de trabalho – Procedimentos;

10.Documentação de instalações e elétricas;

11.Riscos adicionais;

12.Proteção e combate a incêndios;

13.Acidentes de origem elétrica;

14.Primeiros socorros;

15.Responsabilidades.


O treinamento NR33 - Trabalhadores Autorizados e Vigias, é um obrigatório para o profissional que irá entrar no espaço confinado (Trabalhador Autorizado) e/ou permanecerá fora do espaço confinado, desempenhando a função de vigia, sendo responsável pelo acompanhamento, comunicação e ordem de abandono para os trabalhadores.

Após o prazo de 1 (um) ano, o profissional deve refazer o curso de NR33 Trabalhador Autorizado e Vigia.

De acordo com a Norma Regulamentar Trabalhador autorizado é o trabalhador capacitado para entrar no espaço confinado, ciente dos seus direitos e deveres e com conhecimento dos riscos e das medidas de controle existentes.

O vigia é trabalhador designado para permanecer fora do espaço confinado e que é responsável pelo acompanhamento, comunicação e ordem de abandono para os trabalhadores.

 

Carga Horária: 16h

 Conteúdo Programático     

1 -  Definições;

2 -  Reconhecimento, avaliação e controle de riscos;

3 -  Funcionamento de equipamentos utilizados;

4 -  Procedimentos e utilização da Permissão de Entrada e Trabalho;

5 -  Noções de resgate e primeiros socorros.



O Curso de NR33 para Supervisor de Entrada, possui carga horaria de 40 horas e validade de 1 (um) ano, sendo um curso obrigatório para o profissional que já possui o curso de formação com validade vencida. O profissional é responsável por operar a permissão de entrada, preencher e assinar a Permissão de Entrada e Trabalho (PET) assegurando um trabalho seguro no interior do espaço confinado.

A cada 1 ano (12 meses), o profissional deve refazer o curso de Reciclagem da NR33 Supervisor de Entrada. Lembramos que o Supervisor de Entrada pode operar na função de Vigia quando necessário.

De acordo com a Norma Regulamentar Supervisor de Entrada é a pessoa capacitada para operar a permissão de entrada com responsabilidade para preencher e assinar a Permissão de Entrada e Trabalho (PET) para o desenvolvimento de entrada e trabalho seguro no interior de espaços confinados.

O vigia é trabalhador designado para permanecer fora do espaço confinado e que é responsável pelo acompanhamento, comunicação e ordem de abandono para os trabalhadores.

O treinamento proposto visa reciclar os profissionais da área à prevenção de acidentes, procedimentos e medidas de proteção em espaços confinados, de acordo com a NBR 14787 que estabelece os requisitos mínimos para proteção dos trabalhadores e do local de trabalho contra os riscos de entrada em espaços confinados. (Este curso não habilita para ser instrutor(a))

Nossos Cursos da NR-33 são elaborados e validados conforme exigências do Ministério do Trabalho e Emprego e Secretaria de Estado da Educação e do Desporto.


O curso da NR 10 Básico tem como objetivo capacitar os trabalhadores para prevenção contra acidentes de origem elétrica, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores, que direta ou indiretamente estejam envolvidos em trabalhos com instalações elétricas e serviços com eletricidade. O Curso da NR 10 Básico, OBRIGATÓRIO pelo Ministério do Trabalho e Emprego, aborda os temas dispostos ao novo texto da NR 10, conforme PORTARIA Nº 598, composto pela apresentação da norma, riscos elétricos, combate a incêndios e primeiros socorros, tornando o profissional apto a exercer sua função.

Carga Horária: 40hs

O curso online de NR-10 Complementar atende a Norma Regulamentadora 10, sendo certificado de acordo com as normas do Ministério do Trabalho e Emprego, o certificado vai devidamente assinado pelo responsável técnico, diretor e emissor. 

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) estabelece requisitos e condições mínimas obrigatórias para garantir segurança e saúde aos trabalhadores. O artigo 10.7 da Norma Regulamentadora 10 (NR-10) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) obriga a todos que atuam, direta ou indiretamente, em instalações elétricas e serviços de eletricidade de alta tensão, que complementem o treinamento de NR-10 com o treinamento de NR-10 SEP, visando a capacitação para o exercício da atividade.

Carga Horária: 40hs

Duração do certificado: Dois anos, sendo necessário a reciclagem após o vencimento.


O curso de Segurança em Unidade de Processos, tem por objetivo sensibilizar os operadores quanto a necessidade de neutralizar ao máximo a possibilidade de provocar acidentes, com adoção de procedimentos de rotina pautadas pelas normas de segurança e no cumprimento ao disposto na NR-13 da Port. 3214/78 MTb.

Carga Horária: 48hs

Conteúdo Programático:

1. Noções de grandezas físicas e unidades

1.1. Pressão

1.1.1. Pressão atmosférica
1.1.2. Pressão interna de um vaso
1.1.3. Pressão manométrica, pressão relativa e pressão absoluta
1.1.4. Unidades de pressão

1.2. Calor e temperatura

1.2.1. Noções gerais: o que é calor, o que é temperatura
1.2.2. Modos de transferência de calor
1.2.3. Calor específico e calor sensível
1.2.4. Transferência de calor a temperatura constante
1.2.5. Vapor saturado e vapor superaquecido

2. Equipamentos de processo 
2.1. Trocadores de calor
2.2. Tubulação, válvulas e acessórios
2.3. Bombas
2.4. Turbinas e ejetores
2.5. Compressores
2.6. Torres, vasos, tanques e reatores
2.7. Fornos
2.8. Caldeiras

3. Eletricidade

4. Instrumentação

5. Operação da unidade

5.1. Descrição do processo
5.2. Partida e parada
5.3. Procedimentos de emergência
5.4. Descarte de produtos químicos e preservação do meio ambiente
5.5. Avaliação e controle de riscos inerentes ao processo
5.6. Prevenção contra deterioração, explosão e outros riscos

6. Primeiros socorros

7. Legislação e normalização


Objetivo

Apresentar a redação da NR-12, os principais enfoques das inovações introduzidas pela norma, abrangência, dispositivos, aspectos específicos contidos nos anexos, cases de implementação, capacitação e gestão para implantação e manutenção.  

Objetivos específicos: capacitar os trabalhadores para a execução das atividades com maior segurança e utilizando novas tecnologias, metodologias e equipamentos em conformidade com as normas reguladoras (NR´s).

Conteúdo Programático:



  1. ·         Apresentação da Norma NR 12
  2. ·         Cenário Brasileiro de Acidentes de Trabalho
  3. ·         Estrutura da NR 12
  4. ·         Pontos importantes para você saber da NR 12
  5. ·         Princípios Gerais
  6. ·         Arranjo Físico e Instalações
  7. ·         Instalações e Dispositivos Elétricos
  8. ·         Dispositivos de Partida, Acionamento e Parada
  9. ·         Sistemas de Segurança
  10. ·         Dispositivos de Parada de Emergência
  11. ·         Meios de Acesso Permanentes
  12. ·         Componentes Pressurizados
  13. ·         Transportadores de Materiais
  14. ·         Aspectos Ergonômicos nos Trabalhos em Máquinas e Equipamentos
  15. ·         Riscos Adicionais
  16. ·         Manutenção, Inspeção, Preparação, Ajustes e Reparos
  17. ·         Sinalização
  18. ·         Manuais
  19. ·         Procedimentos de trabalho e Segurança
  20. ·         Projeto, fabricação, importação, (…), exposição, utilização de máquinas e equipamentos
  21. ·         Capacitação
  22. ·         Outros Requisitos Específicos de Segurança
  23. ·         Disposições Finais
  24. ·         Anexos I a III
  25. ·         Anexo IV – Glossário
  26. ·         Anexo V – Motosserras
  27. ·         Anexo VI – Máquinas para Panificação e Confeitaria
  28. ·         Anexo VII – Máquinas para Açougue e Mercearia
  29. ·         Anexo VIII – Prensas e Similares
  30. ·         Anexo IX – Injetoras de Materiais Plásticos
  31. ·         Anexo X – Máquinas para Calçados e Afins
  32. ·         Anexo XI – Máquinas e Implementos para Uso Agrícola e Florestal
  33. ·         Anexo XII – Equip. de guindar para elev. de pessoas e realização de trabalho em altura

 

Carga Horária: 8h

 

 

 

 

 


O curso “Segurança na Operação de Pontes Rolantes” está baseado na NR 11, (Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de Materiais), tem como objetivo principal dotar os trabalhadores dos princípios básicos, para que, durante toda a sua jornada de trabalho, não ocorram incidentes e acidentes. Para operar pontes rolantes são necessários conhecimentos teóricos e práticos; o aprendizado se desenvolve, em muitos casos, somente na prática, onde muitos trabalhadores sabem operar, mas desconhecem princípios básicos de segurança, daí onde ocorrem os incidentes e acidentes.


Conteúdo programático do Curso 

  1. Introdução a NR 11
  2. O que são Equipamentos de Movimentação de Materiais?
  3. Cuidados Especiais em Elevadores e no Içamento
  4. Informações Gerais sobre Operações em Ponte Rolante
  5. Regras de Segurança para Operadores de Pontes Rolantes
  6. Movimentos de uma Ponte Rolante
  7. Inspeções dos Equipamentos e Acessórios de Movimentação de Cargas
  8. Exemplo de como Identificar Componentes Críticos em Pontes Rolantes
  9. Métodos de Inspeção a serem Abrangidos em Pontes Rolantes

Carga Horária 8hs


Objetivo

Capacitar o operador de motosserra em operações de derrubada de árvores, traçamento de toras, desgalhamento de fustes, realização de poda de galhos, utilizando a motosserra de acordo com a sua capacidade e finalidade, bem como, zelar pelo melhor desempenho e rendimento, evitando manutenções corretivas e riscos de acidente.  

Público Alvo

Profissionais da área florestal, agrícola, trabalhadores de serraria (exploração de madeira, implantação de florestas, limpeza e podas de árvores) e pessoas interessadas em atuar na operação com motosserras

Conteúdo programático:

1.    Apresentação da Norma NR12

2.    Cenário Brasileiro de Acidentes de Trabalho

3.    Estrutura da NR 12

4.    Pontos da NR 12

5.    Anexo V – Motosserras

6.    Riscos a serem avaliados Para Operadores De Motosserra

7.    Avaliação Dos Acidentes Com Operadores De Motosserra

8.    Equipamentos De Proteção Individual Para Operadores De Motosserra

9.    Dispositivos De Segurança Da Motosserra

10.  Procedimentos Para Realização De Corte Com Segurança

11.  Principais Recomendações de Segurança no Uso de Motosserras

 

Carga Horária: 8h

 


O Curso da NR-05 - CIPA tem como finalidade educar para prática de Segurança do Trabalho, tendo a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes o objetivo a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, de modo a tornar compatível permanentemente o trabalho com a preservação da vida e a promoção da saúde do trabalhador.

Este curso é obrigatório para os membros da CIPA. Lembramos que devem constituir CIPA, por estabelecimento, e mantê-la em regular funcionamento as empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, órgãos da administração direta e indireta, instituições beneficentes, associações recreativas, cooperativas, bem como outras instituições que admitam trabalhadores como empregados.

As disposições contidas na NR-05 aplicam-se, no que couber, aos trabalhadores avulsos e às entidades que lhes tomem serviços, observadas as disposições estabelecidas em Normas Regulamentadoras de setores econômicos específicos.

Para a Empresa saber a quantidade de membros da sua CIPA, deve-se acessar a Norma Regulamentadora Nº05 ir até o "QUADRO III" (no final da NR) identificar em qual grupo (última coluna da Tabela) da Classificação Nacional de Atividades Econômicas a empresa se enquadra. Após a verificação do Grupo, deverá ir até o "QUADRO I" (Dimensionamento de CIPA) e localizar o seu grupo, assim saberá, pela quantidade de funcionários que a empresa possui, quantos membros (Efetivos + Suplentes) a empresa necessita ter.

OBS: Segundo o item 5.32.2 da NR-05, As empresas que não se enquadrem no Quadro I, promoverão anualmente treinamento para o designado responsável pelo cumprimento do objetivo desta NR.

Conteúdo Programático:



Carga horária: 20h

O curso online de NR-10 Complementar atende a Norma Regulamentadora 10, sendo certificado de acordo com as normas do Ministério do Trabalho e Emprego, o certificado vai devidamente assinado pelo responsável técnico, diretor e emissor. Após concluído o curso, estaremos enviando uma cópia digitalizada do certificado.

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) estabelece requisitos e condições mínimas obrigatórias para garantir segurança e saúde aos trabalhadores. O artigo 10.7 da Norma Regulamentadora 10 (NR-10) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) obriga a todos que atuam, direta ou indiretamente, em instalações elétricas e serviços de eletricidade de alta tensão, que complementem o treinamento de NR-10 com o treinamento de NR-10 SEP, visando a capacitação para o exercício da atividade.

Este curso visa também os profissionais da área de segurança do trabalho que estão buscando entender mais sobre a NR-10 Complementar, desejam elaborar os seus próprios materiais e ministrar o curso em suas empresas.

Carga Horária: 08hs

Conteúdo Programático

1.     Organização do sistema elétrico de potência;

2.     Organização do trabalho;

3.     Aspectos comportamentais;

4.     Condições impeditivas para serviços;

5.     Riscos típicos no SEP e sua prevenção;

6.     Técnicas de análise de riscos no SEP;

7.     Procedimentos de trabalho (análise e discussão);

8.     Técnicas de trabalhos sob tensão;

9.     Equipamentos e ferramentas de trabalho;

10.  Sistemas de proteção coletiva;

11.  Equipamentos de proteção individual;

12.  Posturas e vestuários de trabalho;

13.  Segurança com veículos e transporte de pessoas, materiais e equipamentos;

14.  Sinalização e isolamento de áreas de trabalho;

15.  Liberação de instalação para serviço, operação e uso;

16.  Treinamento em técnicas de remoção, atendimento e transporte de acidentados;

17.  Acidentes típicos;

18.  Responsabilidades.



O curso online de NR-10 Complementar atende a Norma Regulamentadora 10, sendo certificado de acordo com as normas do Ministério do Trabalho e Emprego, o certificado vai devidamente assinado pelo responsável técnico, diretor e emissor.

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) estabelece requisitos e condições mínimas obrigatórias para garantir segurança e saúde aos trabalhadores. O artigo 10.7 da Norma Regulamentadora 10 (NR-10) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) obriga a todos que atuam, direta ou indiretamente, em instalações elétricas e serviços de eletricidade de alta tensão, que complementem o treinamento de NR-10 com o treinamento de NR-10 SEP, visando a capacitação para o exercício da atividade.

Duração do certificado: Dois anos, sendo necessário a reciclagem após o vencimento.

Este curso visa também os profissionais da área de segurança do trabalho que estão buscando entender mais sobre a NR-10 Complementar, desejam elaborar os seus próprios materiais e ministrar o curso em suas empresas.

Carga Horária: 40hs

Conteúdo Programático

1.     Organização do sistema elétrico de potência;

2.     Organização do trabalho;

3.     Aspectos comportamentais;

4.     Condições impeditivas para serviços;

5.     Riscos típicos no SEP e sua prevenção;

6.     Técnicas de análise de riscos no SEP;

7.     Procedimentos de trabalho (análise e discussão);

8.     Técnicas de trabalhos sob tensão;

9.     Equipamentos e ferramentas de trabalho;

10.  Sistemas de proteção coletiva;

11.  Equipamentos de proteção individual;

12.  Posturas e vestuários de trabalho;

13.  Segurança com veículos e transporte de pessoas, materiais e equipamentos;

14.  Sinalização e isolamento de áreas de trabalho;

15.  Liberação de instalação para serviço, operação e uso;

16.  Treinamento em técnicas de remoção, atendimento e transporte de acidentados;

17.  Acidentes típicos;

18.  Responsabilidades.


NR 10 - Esta Norma Regulamentadora estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que, direta ou indiretamente, interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.

Carga Horária: 08hs

Pré-Requisito

Este curso é obrigatório e destinado a todos os profissionais que trabalham direta ou indiretamente com instalações elétricas e eletricidade, e que já possuem certificado de conclusão do curso de NR 10 Básico.

Conteúdo Programático

1.     Introdução a segurança com eletricidade;

2.     Riscos em instalações e serviços com eletricidade;

3.     Técnicas de análise de risco;

4.     Medidas de controle do risco elétrico;

5.     Normas Técnicas Brasileiras – NBR /ABNT: NBR-5410, NBR – 14039/outras

6.     Regulamentações do Ministério do Trabalho;

7.     Equipamentos de Proteção Coletiva;

8.     Equipamentos de Proteção Individual;

9.     Rotinas de trabalho – procedimentos;

10.  Documentação de instalações e elétricas;

11.  Riscos adicionais;

12.  Acidentes de origem elétrica;

13.  Responsabilidades;

14.  Primeiros socorros.

O Curso de Direção Defensiva tem como objetivo a qualificação e a conscientização dos condutores, itens fundamentais para a segurança no trânsito. O curso visa contribuir na redução dos riscos no trânsito e consequentemente o número de acidentes do Brasil, através de alertas aos condutores, onde simples ações podem contribuir para a melhoria do trânsito. O condutor terá a oportunidade, com este curso, de rever alguns conceitos que já conhece devido a sua prática e também de conhecer e aprender como afastar os perigos e os possíveis acidentes de trânsito. Só com uma mudança de atitude conseguiremos transformar e fazer nosso trânsito mais justo, mais solidário e mais seguro.


Conteúdo Programático: 

1-    Introdução
2-    Conceitos de Direção Defensiva
3-    O Veículo
4-    O condutor
5-    Vias de Trânsito
6-    Regras Gerais e Importantes
7-    Infrações e Penalidades
8-    Renovação da Carteira de Habilitação.

 

Carga horária - 2hs

Apresentar aspectos de funcionamento dos principais equipamentos presentes em uma subestações e capacitar os operadores e mantenedores para realizar manobras nos diversos arranjos.

Carga Horária - 32 horas

Programa: 

  • Principais equipamentos de subestações.
  • Aspectos de operação de transformadores, seccionadoras, para-raios, disjuntores, TC's e TP's.
  • Aspectos de inspeção dos equipamentos focado ao nível de operadores.
  • Tipos de Arranjos de Subestações: barra simples, barra dupla, barra seccionada, disjuntor e meio, barra de transferência.
  • Sistema de Proteção.
  • Manobras realizadas nos diferentes arranjos de subestações: entrada de carga, saída de carga, transferência para outra barra, isolação de equipamentos, utilização de Bay Pass.
  • Aspectos simples de manutenção a nível de operadores.


Obs. Treinamento realizado somente através de um computador, não é possível realizar a partir de um celular ou tablet.


A inspeção termográfica (Termografia) é uma técnica não destrutiva que utiliza os raios infravermelhos, para medir temperaturas ou observar padrões diferenciais de distribuição de temperatura, com o objetivo de propiciar informações relativas à condição operacional de um componente, equipamento ou processo. Em qualquer dos sistemas de manutenção considerados, a termografia se apresenta como uma técnica de inspeção extremamente útil, uma vez que permite: realizar medições sem contato físico com a instalação (segurança); verificar equipamentos em pleno funcionamento (sem interferência na produção); e inspecionar grandes superfícies em pouco tempo (alto rendimento). 


O Objetivo deste curso é oferecer conhecimento teórico sobre técnicas de inspeção termográfica aplicadas na indústria, visando capacitar os profissionais na área em inspeções elétricas, mecânicas e de processos.


Conteúdo Programático:



Curso com Certificado

Carga horária - 12h